O SEGREDO DA SORTE PARA GERAR RESULTADOS

  Home 
 
 Aqui entrego a você leitor um segredinho aparte que nada tem haver com o esquema ensinado acima. Esta é mais uma alternativa que dá muito resultado e você de cara vai colher bons resultados. Você sentirá uma imediata mudança na  hora de elaborar seus jogos e principalmente nos resultados.

  Quando eu era criança adorava freqüentar barraquinhas e o que mais me entusiasmava eram aqueles jogos onde se compravam pequenas argolas coloridas com o objetivo de arremessá-las dentro da barraca onde havia no chão vários daquelas pequenas caixinhas de fósforos que se intercalavam. Se a pessoa conseguisse fazer com que a argola caísse no meio da caixinha de fósforo sem deixar que a argola ficasse inclinada, mas caísse certinha no meio da caixinha a pessoa ganharia diversos prêmios como grandes bolas coloridas, diversos ursos e animais de pelúcia de tamanho grande que ficava exposto para a cobiça de todos que tentavam a sorte neste jogo. O mais interessante é que este jogo parecia extremamente fácil e ao alcance de todos ganharem, mas era só você entrar no jogo para tentar a sorte que logo via que as argolas nunca caiam de forma alguma no sentido correto que lhe daria o premio, sempre ficava no “quase”... Eu via o tremendo entusiasmo daqueles jogadores de todas idades. Eram senhores, senhoras, crianças e jovens de todas as classes e cultura tentando fazer com que a bendita argolinha entrasse mas nunca que caía. Cheguei até a presenciar um homem que se inclinava tanto em meio a barreira de madeira que se distanciava as caixinhas das pessoas que até pensei que ele ia cair dentro da barraca, mas era tudo em vão porque por um dedo a argola sempre ficava inclinada e não caía. As crianças já começavam a chorar porque queriam os ursinhos de todo jeito e por mais que seus pais tentassem não conseguiam chegar a lugar algum só deixavam o dono da barraquinha com mais dinheiro em seu bolso.

 Foi aí que decidi tentar a sorte neste jogo e por mais que eu mirasse também não conseguia, mas comecei a questionar aquele simples jogo, na qual não tinha “marmelada” nenhuma, pois estava bem diante de nossos olhos se apresentando de forma tão fácil sendo que absolutamente ninguém ganhava.

 Parei... pensei... fique analisando até que uma resposta veio em minha mente como um TROVÃO que mudou toda minha concepção sobre aquele jogo. Algo que o dono da barraca sabia mas jamais revelaria.

  Descobri que aquele simples jogo que estava bem debaixo dos nossos narizes era pura ilusão de ótica. Esse era o segredo! Vou lhe dar um exemplo bem simples sobre ilusão de ótica, das coisas que se aparentam mas não são.

 

 

      Observe que na primeira figura as pessoas estão no alto olhando para baixo. Até aí tudo normal.

 

                                                               

 

 

 

 

Nesta segunda imagem você vê dois operários no chão numa quadra que também não há nada de extraordinário

                                                               

 

 

 

Agora nesta última figura você tem um legítimo efeito de ilusão de ótica. Você vê mas não consegue entrar numa definição do que está acontecendo. Na mesmo hora que você acredita ver algo, logo enxerga outra coisa e vice-versa.

 

                                     

 

Você consegue imaginar esta arquitetura sendo construída na vida real??? Seria impossível não é mesmo? Isso é ilusão de ótica.

Amigo, não acredite em tudo que você vê porque as aparecias enganam. Foi exatamente este tipo de efeito que estava acontecendo naquele jogo da barraquinha.

 Então, desembolsei um valor e enquanto todos seguiam de praxe que era mirar no meio da caixinha para fazer a argola cair exatamente no lugar certo ( o que nunca acontecia). Eu com a minha descoberta sobre a ilusão de ótica, desconsiderei o que estava diante dos meus olhos e decidi ir na contra mão, ao invés de eu tentar acertar a caixinha mirei exatamente fora da caixinha. Para ser mais exato mirei fora de uma caixinha de forma que pegasse um pedaço da caixinha esquerda com um pedaço caixinha direita tendo como foco central da argolão espaço em branco do chão que separa as duas caixinhas. Daí, joguei a argola e pimba!!! Acertei e cheio e as pessoas que estavam do meu lado gritaram e vibraram por mim. Daí o cara da barraquinha foi e me trouxe o meu prêmio que era uma boa grande e colorida. Coloquei a bola no chão e tinha mais quatro argolas e a atenção era voltada somente para mim. Até quem estava do meu lado com suas argolas pararam de jogar só para me ver. Mirei novamente fora do foco, pois aquilo ali era pura ilusão de ótica para lhe enganar e novamente acertei em cheio. E comecei a receber tapinhas nas costas das pessoas que diziam; - “Esse garoto tem muita sorte!”.

  O Dono da barraquinha estava mal humorado e com a cara fechada para mim e me trouxe um ursão de pelúcia e me pediu que me devolve o restos das argolas que eu ainda tinha nas mãos, alegando que quem ganhasse duas vezes já tinha chegado no limite daquela partida. Então, fui obrigado a lhe entregar e decidi pagar outra rodada para jogar mas ee proibiu que eu continuasse e se recusou  a vender pra mim as argolas. Foi o fim da linha pra mim, eu descobri o segredo daquele jogo e tornei uma perigosa ameaça para a fonte de renda daquele homem. Mas, fiquei de longe vendo as pessoas perderem seus dinheiro e decidi passar esta mesma dica para um pai que já tinha tentado mais de trinta argolas, tudo para tentar ganhar um ursinho para sua filha que tanto insistia em querer um. Fui até ele e disse o que fazer e o dono vendo aquilo providenciou que um dos seus ajudantes me afastasse daquela barraca e fui levado bruscamente como se eu fosse um ladrão pelos braços para bem longe dali com recomendações e ameaças de que a minha vez ali tinha cessado. Então, guardei os meus prêmios e fui me divertir em outros brinquedos até que recebi um tapinha nas costas e era o pai daquela menina que eu tinha dado a dica com um sorriso no rosto e sua filha com um urso nos braços. Ele me agradeceu e me chamou de inteligente por ter lhe revelado tal coisa.

 

Talvez você esteja se perguntando o que isto tem haver com o macete que fiquei de lhe dar. Tem tudo haver! O segredo que vou lhe revelar também já  rendeu muitas MILHARES E CENTENAS no jogo do bicho. Se você deseja sair dessa angustia logicamente deverá ter mudanças, você deverá jogar de forma diferente de antes, pois se este seu atual raciocínio funcionasse você já teria ganho alguma coisa...

E VOCÊ NÃO PRECISARIA COMPRAR NOSSO MÉTODO MILHAR E CENTENAS

 

Se você joga anos a fio e só passa perto uma dezena ou uma unidade e nunca acerta nem 3 numeros de uma milhar , na qual isso tem se repetido e virado um circulo vicioso em suas apostas onde você não sabe como sair desta angustia de quem sabe recuperar um pouco de seu dinheiro, então saiba que você está “preso” a algum tipo de ilusão de ótica de que você pensa que está marcando as MILHARES E CENTENAS  corretas mas no final isso tem sido apenas uma falsa ilusão para faze-lo perder e se iludir. Para sair deste “buraco negro” tem que enxergar as coisas de forma quadridimensional com olhos que o seu globo ocular não podem alcançar. Com certeza você não pode acreditar em tudo que vê, pois as aparências enganam por isso dei um exemplo ilustrativo da ilusão de ótica para que você entenda que há uma realidade alternativa sobreposto a este na qual uma vez sendo conhecido estas verdades encontrará êxito que outros jamais alcançarão.

 

O método consiste em ser Fiel e seguir o qual será ensinado no método ao pé da letra.

Este será o seu grande segredo do JOGO DO BICHO que quem tem o conhecimento destes conceitos e as aplicam tem vistos grandes resultados.

 

http://www.ganharmilharecentena.hdfree.com.br
O SEGREDO DA SORTE PARA GERAR RESULTADOS